You are currently viewing EM PRIMEIRA DISCUSSÃO CÂMARA APROVA LDO

EM PRIMEIRA DISCUSSÃO CÂMARA APROVA LDO

Depois da audiência pública realizada na ultima quarta-feira (16/06) vereadores decidem pela aprovação da LDO.

 

Os vereadores de Canaã dos Carajás se reuniram nesta terça-feira, (22/06), na 21ª Sessão Ordinária para mais uma rodada de discussão de interesse da comunidade. Na ocasião foi aprovada em primeira discussão a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que terá vigência em 2022. Uma nova rodada de discussão deve ocorrer e os vereadores terão até o dia 29 de Junho para aprovar a lei em segunda discussão para consequentemente ser enviada ao Executivo para ser sancionada ou não.

Na semana passada a Câmara promoveu uma audiência pública para debater com a comunidade possíveis sugestões à LDO. O Site da Câmara Municipal, https://www.cmcanaadoscarajas.pa.gov.br também foi disponibilizado para que a comunidade pudesse avaliar a LDO e enviar sugestões.

Com a discussão bastante adiantada, apenas a vereadora Maria Pereira usou a Tribuna para falar sobre a LDO. Ela informou que “a câmara decidiu não propor emenda nesse instante,  porque isso poderá ser feito até a segunda discussão no dia 29 de Junho e os vereadores ainda esperam uma maior participação da comunidade.”

Na explicação pessoal, a vereadora Maria Pereira também usou a palavra para lembrar sobre a luta contra o COVID-19, pra ela “é necessário cumprir as medidas preventivas como uso de máscaras, lavar as mãos e distanciamento social porque a pandemia ainda não acabou.”  A vereadora também destacou os esforços do município para fazer a vacinação que já mostra resultados: “Com a vacinação temos uma diminuição nas infecções e precisamos vacinar para que possamos voltar ao normal, inclusive, com a volta às aulas a partir de agosto.” Ela aproveitou para lembrar que “é muito difícil estudar nas plataformas virtuais, principalmente para que tem pais que não puderam estudar.”

O vereador Miguel da Saúde, usou a Tribuna para alertar que o município estava, no ultimo fim de semana, preparado para vacinar três mil pessoas, principalmente da área da educação, mas apenas 1.956  foram vacinadas, que pra ele “foi uma decepção o não comparecimento desse público para a vacinação.” Miguel encerrou sua fala fazendo um alerta: “Temos que lembrar que a única solução para acabar com essa pandemia é a vacinação.”

Deixe um comentário